Política

O Beijo do Diabo Parte 3: O prejuízo de empresas do Porto

O empresário Antônio Gebran Sobrinho vive um inferno astral. Seu Jornal vende 34 exemplares por dia nas bancas do Centro de Paranaguá e seu maior filão, os empresários do Porto estão com medo de ficar perto dele.

Sim, Gebran aprontou mais uma. E desta vez, nove grandes empresas da Retro Portuária receberam notificação por uso indevido de imagens na Folha do Litoral. Isso porque nas edições especiais feitas por Gebran, ele não deu crédito para o autor das imagens que agora cobra uma fortuna na justiça das empresas e do jornal. Como o direito autoral é inviolável e intransferível, nove grandes empresários portuários vão pagar pela irresponsabilidade do jornal. Um dos empresários, que entrou em contato com a reportagem para revelar o caso que vai vir à tona nos próximos dias dava soco na mesa. “Mais uma vez ele nos traiu”, disse.