Quatro Barras

Alunos especiais recebem cadeiras de rodas adaptadas

Com medição prévia, cadeiras atendem as necessidades ergonômicas de cada aluno, conforme a sua deficiência. (Foto: PMQB)

Os alunos da Escola Especial Joanna Valache, em Quatro Barras, receberam na manhã desta quarta-feira (12) novas cadeiras de rodas. O diferencial é que cada cadeira foi projetada especialmente para atender as necessidades ergonômicas dos alunos, conforme a deficiência que apresentam.
    
A Secretaria Municipal de Educação adquiriu ao todo 11 cadeiras, que atendem alunos com deficiências motoras e cognitivas. A entrega nesta quarta-feira foi acompanhada pelo prefeito Angelo Andreatta (Lara) e pela secretária de Educação, Leila Busnardo Dolato, durante a reunião com os pais.
    
Leila falou sobre a felicidade de entregar os novos equipamentos, tão necessários no dia a dia dos alunos. "É uma conquista. Estou muito feliz por esta aquisição que vai beneficiar tantos alunos. É um dia para se comemorar", disse.
    
O prefeito Lara falou da importância de pensar nas minorias e garantir investimentos que beneficiem esses grupos. "As políticas públicas têm que chegar a todos. Por isso, vamos ter sempre um olhar para todas as pessoas sem distinção", disse Lara. "Quero que vocês sejam felizes. É para isso que vivemos. Quero que vocês aproveitem estes novos equipamentos, que gostem da escola, enfim, que tenham uma vida feliz", destacou o prefeito.
    
O olhar voltado às pessoas com deficiência se reflete nos investimentos realizados. Além de adquirir um carro adaptado para o transporte de pacientes com deficiência, a Prefeitura também adquiriu um playground adaptado para os alunos especiais, concluiu a quadra de golfe na Escola Especial, e Lara já anunciou que está autorizada a pavimentação da Rua Nilo Fávaro, que passa em frente à escola. 

Qualidade


Segundo o terapeuta ocupacional da escola, Fábio Vidal Freitas, as cadeiras de roda entregues nesta quarta-feira prezam, sobretudo, pela qualidade. Cada equipamento apresenta características específicas - como altura, cinto, encostos ou suportes - para atender o tipo de deficiência de cada aluno. Elas serão usadas na escola e também em casa, amparando o aluno em todos os momentos.
    
Mãe do estudante Luiz Gustavo, de 13 anos, a moradora da Colônia Maria José, Jaciara Cézar, falou da alegria de receber o equipamento. "Estava ansiosa pela chegada. Eles crescem rápido, a cadeira dele já não estava mais adequada ao tamanho, difícil para empurrar. Veio em ótima hora", disse a mãe.
    
Dona Rosa Smitka, 67 anos, moradora do Jardim Nossa Senhora de Fátima, também enumerou os benefícios que o novo equipamento vai trazer para o sobrinho Jassey, de 21 anos. "A cadeira dele já estava sem travas, sem segurança. Ele é muito independente, e a cadeira já estava dificultando isso. Estávamos contando os dias para chegar. É a primeira vez que recebemos uma cadeira assim, adaptada para todas as necessidades", contou Rosa.