Geral

Botânico ganhará Galeria das Quatro Estações, com café e escola de jardinagem

Com show de luzes, estufa do Jardim Botânico reabre para o público. (Foto: Luiz Costa/SMCS)

A reforma da estufa do Jardim Botânico ficou pronta e o resultado foi apresentado ao público na noite desta quinta-feira (7/11). Na inauguração com show de luzes e música, o prefeito Rafael Greca assinou a Ordem de Serviço para o início de novos trabalhos, que agora vão recuperar e dar uso à estrutura semicircular localizada atrás da estufa recém-renovada.

O novo espaço vai abrigar um centro cultural, que será chamado Galeria das Quatro Estações. A obra começa nesta sexta-feira (8/11). O local terá escola de jardinagem, espaço de exposições ligadas a temas botânicos, como a ilustração botânica, estacionamento e um café.

Assim como a Galeria das Quatro Estações, a recuperação da estufa faz parte do projeto de revitalização integral do Botânico.

"A reforma da estufa traz de volta um símbolo da cidade. Milhares de visitantes vem aqui e é onde curitibanos passam as tardes de sábado e de domingo assistindo ao belíssimo por do sol”, disse Greca.

Maior intervenção do Botânico

Um dos principais cartões-postais da cidade, a estrutura de metal e vidros inspirada no Palácio de Cristal de Londres recebeu investimentos de mais de R$ 1 milhão, a maior intervenção feita no Jardim Botânico desde a inauguração, no início da década de 1990. 

Foram trocados os vidros e 16,3 quilômetros de borrachas de vedação foram substituídos. Houve recuperação das esquadrias e estruturas metálicas do piso e do mezanino, escadas e calhas. Além de limpeza interna e externa, pintura e implantação de novos corrimões.

“A estufa tem 5.236 prismas de vidro que parecem simétricos, mas nenhum é igual ao outro e 1.309 estavam quebrados", explicou Greca.

O Departamento de Iluminação da Secretaria de Obras Públicas cuidou da renovação do sistema que ilumina a estufa. O trabalho começou com a retirada dos equipamentos danificados pela ação do tempo e por atos de vandalismo.

“Na parte interna, retiramos 70 luminárias com a vida útil vencidas. Do entorno, foram retirados 24 projetores RGB vandalizados”, contou Tony Malheiros, diretor do Departamento de Iluminação.

O novo sistema de iluminação conta com 104 equipamentos.

Verão iluminado

A estufa do Jardim Botânico ficará acesa nas noites de novembro com a cor azul, em alusão ao Novembro Azul, de prevenção ao câncer de próstata e doenças masculinas.

A estufa será iluminada em apresentações com luzes sincronizadas nos finais de semana, durante o verão, e celebrará o Natal com suas cores e brilho tradicionais.

Presenças

Participaram da reabertura da estufa a secretária municipal do Meio Ambiente, Marilza Oliveira Dias; a presidente da Fundação Cultural de Curitiba, Ana Cristina de Castro; o presidente do Icac, Marino Galvão Jr.; o presidente da Cohab, José Lupion Neto; o assessor de Relações Internacionais da Prefeitura, Rodolpho Zanin Feijó; a chefe de gabinete, Cibele Fernandes Dias; a procuradora-geral do Município de Curitiba, Vanessa Volpi; os secretários de Obras de Curitiba, Rodrigo Rodrigues, e de Esporte, Lazer e Juventude, Emílio Trautwein. Além dos vereadores Maria Manfron e Sergio Balaguer.