Política

Damares proporciona um dia de príncipe para menino com autismo rejeitado em festa

O pequeno Arthur, de dois anos, ganhou um festa surpresa da Ministra. Entre os convidados estavam Michele Bolsonaro e o presidente da República Jair Bolsonaro

Hoje vamos falar como um simples ato pode mudar a história de uma família e o conceito sobre uma nação. O menino Arthur, de dois anos, que foi rejeitado na festa de aniversário de um coleguinha da escola no início do mês de agosto pelo fato de ser autista, teve seu lamento transformado em festa. Ele não pôde participar da festa dos amiguinhos em Campo Grande, mas sua história emocionante tocou o maior coração do Brasil, de Damares Alves, Ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos.

A Ministra Damares, assim como muitos brasileiros, ficou chocada ao saber que o menino foi preterido de brincar com os amiguinhos por ser autista. Arthur não entendia porque não era convidado para as festas de seus coleguinhas e isso o entristecia profundamente. No início do mês de agosto, a mãe do menino, Sara Onori, de 22 anos, recebeu uma mensagem dolorosa da mãe de um coleguinha de Arthur.

“Oi Sara! Eu vi que você está no gruo das meninas, nós estávamos falando da festa de aniversário. Não quero que você fique mal, mas não vou convidar você por causa do seu filho que é meio problemático, as outras crianças vão ficar incomodadas. Espero que você me entenda. Desculpa”

Depois dessa mensagem Sara ficou sem chão. Sua dor é compartilhada com milhares de mães de crianças especiais em todo o Brasil, que passam pelas mesmas situação, na maior parte de forma velada, mas algumas vezes de forma explícita, como neste caso. Sara contou que estava no grupo das mães da escola no whattsapp e quando viu as conversas sobre a festa perguntou quando seria. Em seguida recebeu a mensagem que a chocou.” Fiquei muito triste e sem ação”, desabafou.

Damares tem uma luta histórica em favor da infância. Não é de hoje que sua paixão pelas crianças é conhecida no Brasil. Ela determinou que sua equipe convidasse Arthur para aquilo que seria a maior festa da sua vida. Sim, o grande coração, cheio de generosidade de Damares mandou fazer uma festa para o Arthur e com convidados de honra para abraçar ele. O presidente Jair Bolsonaro não quis perder esse momento tão importante e investiu um pouquinho de sua agenda para dar um abraço no pequeno Arthur. E lógico que a primeira-dama, Michele Bolsonaro não poderia ficar fora dessa. Michele é uma apaixonado pela luta na inclusão de crianças com deficiência. Com certeza a manhã desta terça-feira (3) ficará marcada na vida do peque Arthur e de todas as mães que cuidam destes pequenos brasileiros que podem e devem brincar com seus amiguinhos. Hoje, Damares, Michele e Bolsonaro abraçaram todas as crianças no Brasil que sofreram algum tipo de discriminação e fica a lição para os 208 milhões de brasileiros de um uma luta contra o preconceito.

As lágrimas não eram contidas por quem estava no local. A alegria de ver o menino Arthur ser honrado com uma recepção linda, organizada pela assessora especial do Ministério, Ellen Schelb com direito a música infantil, brigadeiro de chocolate e um bolo delicioso.  Hoje é um dia que sentimos orgulhos de ser brasileiros e termos um presidente humano, que está gastando sua vida para colocar o Brasil no rumo certo. Muito orgulho da mulher com o maior coração do Brasil, Damares Alves, que teve a sensibilidade de ver o que poucos queriam ver. E claro, orgulho de Michele Bolsonaro que levou a arca da aliança para dentro do Palácio do Planalto, essa última frase apenas para entendedores.  Ta, ok?