Política

Deputado Alexandre Frota gastou R$ 3,6 mil de dinheiro público em refeição regada a bebidas e manjares em Hotel de Brasília

O deputado ainda apresentou nota de abastecimento em posto de combustível na cidade de Cotia, em São Paulo que dava para abastecer um avião de pequeno porto. O valor de R$ 2412 foi apresentado para ressarcimento pelos cofres públicos no dia 2 de setembro deste ano

Não são apenas os Ministros do STF que gostam de comer bem em Brasília. A polêmica da licitação de lagostas e iguarias finas pelos ministros foi alvo de críticas pela população. Na mesma esteira, o deputado federal Alexandre Frota (PSDB-SP) gastou R$ 5777,02 em refeições no relatório apresentado pela Câmara dos Deputados no portal da transparência apenas no mês de setembro. A reportagem do Agora Paraná teve acesso aos recibos aos recibos apresentados por Frota que tem como restaurante preferido em Brasília a churrascaria Fogo de Chão, a mais tradicional do Planalto Central, local em que o deputado apresentou 14 notas de ressarcimento.

Outra nota de ressarcimento que chama a atenção é de uma refeição feita pelo deputado alexandre Frota, no dia 3 de outubro deste ano, uma quinta-feira. Neste dia, Frota gastou em apenas uma refeição  R$ 3611,30. No dia 04 de setembro, Frota também apresentou uma nota de ressarcimento de R$ 2211,00. Essas duas notas alimentação dos manjares dos Palácios utilizados por Alexandre Frota foram emitidas não por um restaurante, mas pelo Hotel Nacional de Brasília. O valor foi mais alto pois o deputado, com alguns convidados especiais e íntimos beberam vinhos frutados, deliciosos, tudo pago com o dinheiro público. Embora o valor seja mais alto do que uma refeição comum dos brasileiros que pagam o salário e as refeições de Frota, o ressarcimento é legal.

O deputado gasta periodicamente cerca de R$ 3 mil pagos por seu gabinete para Armando Rodrigues Maduro Júnior como despesa de manutenção de escritório de apoio a atividade parlamentar. Os exageros de Frota também fazem com que o contribuinte pague as contas dos advogados de Frota. Neste mandato foram cerca de R$ 50 mil pagos para escritórios em Curitiba.

Outra despesa que chamou a atenção foi a de R$ 15,238 com combustíveis e lubrificantes. Embora, seja público que Frota adore utilizar lubrificantes, o gasto com dinheiro público se refere a combustível e lubrificantes veiculares, não os tradicionalmente utilizados por Frota em seus filmes estrelados antes da sua eleição de deputado. No dia 2 de setembro Frota apresentou nota de R$ 2412, 38 para abastecer algum de seus veículos. O valor daria para abastecer um avião de pequeno porte. Todos os meses, Frota apresenta notas com valores aproximados e o posto fornecedor, Recanto da Glória Comércio Varejista de Combustíveis, está localizado na cidade de Cotia, no estado de São Paulo, muito distante de Brasília.