Geral

Mutirão de combate ao Aedes chega nas regionais CIC e Boa Vista

Mutirão de combate ao Aedes chega nas regionais CIC e Boa Vista. (Foto: Pedro Ribas/SMCS)

A Prefeitura promove nesta semana dois mutirões de limpeza para evitar criadouros do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, zyka e chikungunya. As ações vão acontecer de forma simultânea em áreas pré-definidas das regionais CIC e Boa Vista. 

Segundo a coordenadora do Programa Municipal de Controle do Aedes, Tatiana Faraco, as áreas selecionadas para as ações são definidas de acordo com o risco de proliferação do mosquito.

“As atividades são programadas para os territórios com perfis mais favoráveis para criadouros do mosquito”, diz Tatiana. Nessa etapa recebem a ação moradores do Vitória Régia, na CIC, e da Vila Esperança, no Boa Vista.

Na quinta (13/2) e sexta-feira (14/2) moradores das duas regiões receberão visitas dos agentes comunitários e agentes de combate às endemias da Secretaria Municipal da Saúde (SMS). Eles irão orientar a população sobre a limpeza de casas e terrenos e que tipos de materiais podem ser descartados – tudo o que, ao relento, pode acumular água e servir de criadouro para o mosquito.

O entulho e lixo deverão ser deixados pelos moradores em frente às casas para serem recolhidos no início da semana seguinte, na segunda (17/2) e terça-feira (18/2). Os caminhões do departamento de Limpeza Pública da Secretaria Municipal do Meio Ambiente passarão pela região para recolher o material separado pelos moradores.  

A coordenadora também alerta para a necessidade de redobrar os cuidados no verão. “O período mais quente e chuvoso propicia condições mais favoráveis para a proliferação do mosquito”, justifica Tatiana.

Curitiba Sem Mosquito

Em Curitiba o trabalho de combate ao mosquito Aedes aegypti acontece o ano todo. O mutirão Curitiba Sem Mosquito resulta de uma parceria entre as secretarias municipais do Meio Ambiente e da Saúde.

Além dos mutirões, o Programa Municipal de Controle do Aedes aegypti promove mais ações de prevenção à dengue e outras doenças transmitidas pelo Aedes aegypti. Realiza vistorias em casas, comércios e espaços públicos, ações pedagógicas de conscientização, monitoramento e bloqueios em áreas com focos.

Este é o quarto ano que a Prefeitura promove os mutirões. Já foram recolhidos mais de 3 mil toneladas de lixo e entulhos. A primeira edição desse ano aconteceu no Cajuru e recolheu quase 22 toneladas de entulhos.

Soma de esforços 

O trabalho é conjunto com a população, que precisa manter a atenção permanente contra o mosquito, fazendo a limpeza semanal dos quintais, e não deixar água parada. Tatiana orienta que, além de manter a rotina de cuidados, os moradores devem receber os agentes. 

“Nossos profissionais estão sempre uniformizados e com crachás de identificação. Em caso de dúvida, há a possibilidade de ligar para o 156 para checar a informação, a central tem uma lista com os nomes de todos os profissionais”, explica.

 

Como manter sua casa longe do mosquito 

Escolha um dia da semana para uma vistoria geral da residência, e siga os passos abaixo:
 
Áreas internas:

Vasos de plantas – Encha até a borda os pratinhos com areia grossa, para não acumular o excesso de água.

Vasos sanitários – Mantenha sempre a tampa abaixada. Em banheiros de pouco uso, dê a descarga ao menos uma vez por semana.

Baldes – Sempre os mantenha guardados de boca para baixo e em local coberto.

Ralos – Aplique água sanitária em ralos de pouco uso e que acumulam água (1 colher/sopa de água sanitária para cada litro de água acumulada no ralo).

Lixo – O lixo não deve ficar espalhado para que não acumule água das chuvas. Recolha-o em sacos plásticos e mantenha as lixeiras tampadas.

Garrafas e embalagens PET – Guarde de boca para baixo enquanto não encaminha para a coleta seletiva.

Áreas externas:

Lajes e calhas – Tire folhas e tudo o que impeça o completo escoamento da água.

Caixa d’água – Mantenha sempre limpa e tampada.

Piscinas e fontes – Limpe as bordas com escova e mantenha a água clorada.

Pneus – Mantenha-os sem água e guarde-os em local seco e coberto, enquanto não encaminha para a coleta seletiva.

Materiais de construção – Mantenha-os em local coberto e seco. 

Potes de comida e água dos animais de estimação – Lave frequentemente com escova e sabão.