Paraná

Rafael Greca é reeleito em primeiro turno em Curitiba

(Foto: Reprodução Facebook)

Rafael Greca e o vice-prefeito Eduardo Pimentel conquistaram a confiança dos curitibanos e se reelegeram em primeiro turno em Curitiba. Até o momento, 95,12% das urnas já foram apuradas e com 59,77% dos votos Greca venceu as eleições 2020 muito a frente do segundo colocado, Goura – que teve 13,26% dos votos válidos.

Rafael Greca de Macedo é um homem de sorriso fácil que cativa todos à sua volta quando fala sobre a linda Curitiba, cidade onde ele nasceu no dia 17 de março de 1956. Greca é dono de um carisma sem igual, o que agrada a muitos curitibanos que já se acostumaram com seu jeito irreverente e imprevisível. Diversos episódios já mostraram que Greca ama a cidade que lhe viu nascer, a cidade sorriso e considerada a mais inteligente do Brasil. Não é à toa que, vez ou outra, ele durante a comemoração do aniversário da capital paranaense toma pra si o microfone e solta a voz cantando o hino de Curitiba.

Curitiba não é o único amor de Greca que se destaca, o sentimento pela esposa, Margarita Pericás Sansone, é bradado sempre que possível. A jornalista e o prefeito têm um casamento duradouro, pessoas que convivem com o casal dizem que Greca fala de Margarita o tempo todo, destacando as qualidades de uma mulher culta e refinada. Ela e o marido posam para fotos com sorrisos que iluminam os leitores, demonstrando que ao valorizarem o próprio casamento.

Mas não é só de amores que o prefeito de Curitiba vive, é de muito trabalho e dedicação. Greca se formou em Economia e Engenharia, com especialização em Urbanismo e é membro concursado do Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba (Ippuc). Além disso, já atuou como vereador, deputado estadual constituinte, prefeito de Curitiba, deputado federal mais votado do Brasil e ministro de Estado do Esporte e Turismo. Recebeu diversas condecorações e prêmios internacionais. Dentre os mais significativos está o Prêmio Mundial do Habitat 1996, ou World Habitat Award 1996, da Organização das Nações Unidas, pelo conjunto de sua obra humanitária.

Rafael Greca tem várias facetas é poeta, editor e pesquisador da História, membro da Academia Paranaense de Letras e do Instituto Histórico e Geográfico do Paraná. Não é à toa que muitos afirmam que o prefeito é um “Google”, pois tem tanto conhecimento que sem precisar consultar nada sabe a história de cor e salteado.

Em 2016, Greca venceu a disputa pela prefeitura de Curitiba no segundo turno com mais de 53% dos votos. Um dos primeiros feitos de Greca foi a lavagem do calçadão da Rua XV, no centro da cidade, no ato mais de 30 funcionários da limpeza pública foram escalados para essa realização. O próprio Greca declarou que “cada governante tem a obrigação de deixar sua marca na cara da cidade. É um fraco quem aquele que passa e só se lamentando, não deixando efetivas marcas na cidade”.

No ano de 2020, Greca e Pimentel são reeleitos e prometem continuar com o trabalho realizado nos últimos quatro anos. O desejo de Greca é deixar um legado de uma Curitiba alegre, bonita, inteligente, arborizada, inovadora, iluminada e segura.

Em suas redes sociais Greca Publicou: