Geral

Urbs orienta taxistas e motoristas de aplicativos sobre o coronavírus

Urbs orienta taxistas contra coronavírus com distribuição de folder. (Foto: Divulgação)

A Urbanização de Curitiba (Urbs) está distribuindo aos taxistas da cidade um folder explicativo sobre medidas de prevenção contra o novo coronavírus. A intenção é evitar a propagação da doença no setor, considerado de caráter essencial para o transporte de pessoas, e que está funcionando normalmente.

Os motoristas de aplicativos de transporte de passageiros, como Uber e 99, também estão sendo orientados.

A ação será mais intensa na Rodoviária de Curitiba, onde há grande fluxo de veículos que prestam esse serviço. A cidade tem 3 mil taxistas e cerca de 27 mil motoristas de aplicativos.

O material, em formato de cartilha, traz explicações sobre a transmissão da covid-19 e recomendações, como deixar as janelas abertas, higienizar as mãos e o veículo e o uso constante do álcool em gel. Cada taxista faz em média 12 viagens por dia.

Também é recomendada a limpeza intensa em superfícies e objetos tocados com frequência como cintos de segurança, máquinas de cartão, maçanetas, fivelas, alavancas e taxímetro.

“O objetivo é garantir a segurança tanto do taxista quanto do passageiro”, diz Ogeny Pedro Maia Neto, presidente da Urbs.

Transporte coletivo

A Urbs vem adotando uma série de medidas para evitar o contágio no transporte da capital. Em parceria com as empresas de ônibus, está sendo realizado o reforço na higienização e na limpeza dos veículos nas garagens e também a instalação de recipientes com álcool em gel para os cobradores.

Além disso, são divulgados áudios informativos sobre o coronavírus nos biarticulados, mensagens eletrônicas nas estações-tubo e nas telas da Midiaplan nos veículos.

Neste fim de semana, foi realizado um teste com o uso de mangueiras de pressão para limpar alguns pontos de ônibus na capital, iniciativa que deve ser ampliada nos próximos dias.

Cartazes informativos também foram colocados em terminais, dentro dos ônibus e em postos de venda de créditos do sistema de transporte. Outra medida é o isolamento de bebedouros, localizados em terminais, em que os usuários bebem diretamente nas torneiras dos equipamentos.

Idosos

A Urbs também recomenda que idosos evitem utilizar ônibus em horários de pico das 6h às 9h; das 11h às 14h; e das 17h às 19h.

O sistema de transporte da capital já registrou queda no movimento por conta das medidas de prevenção, como cancelamento de aulas em escolas e universidades, sistema de home office em algumas empresas e fechamento de estabelecimentos comerciais e de serviços. O movimento já caiu, em média, 40% desde 10 de março. Atualmente, o sistema transporta 400 mil pessoas por dia.  

“O transporte coletivo tem caráter essencial, por isso não pode parar. Mas estamos fazendo esforços redobrados para resguardar a população que anda e ou trabalha no sistema e evitar o contágio”, diz o presidente da Urbs.

Outra recomendação é para que os usuários evitem comer nos ônibus ou higienizem as mãos com álcool gel antes de consumirem o alimento.

A Rodoviária de Curitiba também colocou áudio e cartazes com informações sobre prevenção. O terminal já implantou 14 dispensers de álcool gel para os passageiros. Os bebedouros também foram retirados. A orientação é que quem tiver sintomas evite viajar e quem for viajar reforce as medidas de prevenção.