Geral

93ª horta urbana de Curitiba é entregue na Vila Autódromo

Inauguração da 93 Horta urbana de Curitiba. Horta Vivencia na Vila Autódromo, no bairro Cajuru. (Foto: Daniel Castellano / SMCS)

Antes abandonado, o terreno na esquina da Rua dos Ferroviários com a Rua Olga Linder Marcon, no Cajuru, agora está repleto de mudas de hortaliças que dentro de um mês estarão nos pratos de 50 moradores da Vila Autódromo. Inaugurada pelo prefeito Rafael Greca, nesta sexta-feira (31/7), a Horta Vivência é o 93º espaço urbano em Curitiba com apoio do município para o cultivo de alimentos frescos e saudáveis.

As hortas urbanas da capital, que têm apoio técnico da Secretaria Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional (SMSAN), se espalham por terrenos comunitários, escolas, asilos e casas de recuperação. 

"Neste local, agora nasce vida e esperança, com alimentação orgânica para as pessoas”, disse Greca.

O prefeito avalia também que a Horta Vivência vai ajudar a integrar ainda mais a comunidade, que irá plantar junto e trocar ideias. 

O secretário municipal de Segurança Alimentar e Nutricional, Luiz Gusi, destacou a forte parceria entre comunidade e Prefeitura para transformar a área em horta.

"Este é um trabalho conjunto dos moradores do bairro, através da Associação Serra do Mar, com o município, que auxiliou no preparo dos canteiros, forneceu mudas e manterá o apoio técnico", obsevou ele. 

A Horta Vivência ocupa uma área de 150 metros quadrados e reúne diretamente 17 famílias do plantio à colheita. Nos canteiros, os produtores urbanos cultivam hortaliças e temperos, como alface, repolho, couve, rúcula, almeirão, escarola, salsinha e cebolinha.

Menos gastos

Segundo a coordernadora da horta, Fabiane Gonçalves Franças, 44 anos, o plantio das hortaliças no local deve ajudar a melhorar a qualidade da alimentação das famílias. "Também deve permitir que a gente reduza os gastos com verduras e legumes", avalia ela. 

Orgulhoso de seu canteiro, o autônomo Adalto Gomes, 50 anos, contou que as verduras e legumes colhidos na horta também serão dividios com outros moradores do bairro. “Planto para minha família, mas também vou doar para os vizinhos que pedirem”, garante ele.

O representante da Associação Serra do Mar, Antônio Carlos Elias de França, explicou que a Horta Vivência integra um conjunto de ações da entidade em prol dos moradores da Vila Autódromo. "A horta faz parte do Projeto Vivência, criado pela associação e que oferece para 40 crianças da comunidade aulas gratuitas de balé clássico, musicalização e jiu-jitsu", detalhou. 

Além dos canteiros com legumes e verduras, a Horta Vivência ganhou uma casinha do projeto Jardim de Mel da Prefeitura, em que colmeias de abelhas nativas sem ferrão ajudam a aumentar a produtividade da plantação com a polinização.

Também participaram da inauguração da Horta Vivência a administradora da Regional Cajuru, Adriane Cristina dos Santos; o superintendente da SMSAN, Edson Rivelino Pereira; e o diretor do Departamento de Estratégias de Segurança Alimentar e Nutricional da SMSAN, Felipe Thiago de Jesus.