Geral

Bicicletas e patinetes compartilhados rodaram 160 mil km por mês

Em sete meses de operação em Curitiba, os usuários dos patinetes elétricos e bicicletas compartilhados da Yellow e Grin percorreram, em média, 160 mil quilômetros mensais na capital. (Foto: Pedro Ribas/SMCS)

Em sete meses de operação em Curitiba, os usuários dos patinetes elétricos e bicicletas compartilhados da Yellow e Grin percorreram, em média, 160 mil quilômetros mensais na capital (88 mil km pedalados e 72 mil km percorridos de patinete). Isso equivale a quatro voltas na terra. Os dados foram divulgados, nesta segunda-feira (7/10), pela Grow, dona das duas marcas.

Ainda de acordo com a empresa, sábados e domingos foram os dias preferidos pelos curitibanos para andar com os micromodais. A Grow não informa dados sobre o número de usuários cadastrados em Curitiba ou corridas, mas divulgou que o uso de bikes e patinetes cresceu 20% e 30% ao mês, respectivamente.

“O município apoia os micromodais, pois integram um grande esforço para tornar Curitiba cada vez mais inteligente, sustentável e humana”, destaca Cris Alessi, presidente da Agência Curitiba de Desenvolvimento.

Os dados divulgados pela equipe de Pesquisas em Mobilidade e Políticas Públicas da Grow, referentes ao período de janeiro a agosto de 2019, fazem parte do primeiro balanço da operação na capital encaminhado à Prefeitura.

Os 160 mil quilômetros mensais foram aferidos pelos sistemas GPS que equipam todos os patinetes e bicicletas da empresa, por onde é possível acompanhar e registrar os movimentos dos micromodais.

Fernanda Laranja, gerente de Relações Governamentais e Institucionais da Grow, acredita que as informações disponibilizadas pela empresa poderão auxiliar o poder público local a direcionar o investimento e otimizar os resultados.

Bikes

Os fins de semana apresentam número de corridas mais expressivo, com sábado liderando o ranking.

O levantamento revela que, nos fins de semana, há um fluxo grande de viagens de bicicletas nas regiões de parques, como o Barigui e o Bosque do Papa.

Além desses, os shoppings também registram grande fluxo aos fins de semana, principalmente, o Mueller e o Estação.

Durante a semana, há forte circulação próximo à estação -tubo Central, o que pode indicar o uso do modal com o intuito de deslocamento ao trabalho, integrado ao transporte coletivo.

Nos dias úteis, as sextas-feiras registram o maior volume de viagens, enquanto segundas e quartas-feiras são os dias de menor volume.

Durante a semana, as viagens possuem comportamentos semelhantes, mas quantidade de viagens distintas. O volume maior ocorre nos períodos do almoço e tarde/noite, registrando pico por volta das 17h. Esse perfil de viagem indica uma utilização para transporte nos deslocamentos trabalho-casa e/ou casa-estudo.

Já aos finais de semana, o pico das viagens ocorre por volta das 16h. O volume de viagens de sábado é maior do que no domingo, mas os picos de horários de viagens são semelhantes. 

As viagens possuem características diferentes entre dias úteis e finais de semana. Enquanto aos sábados e domingos as pessoas pedalam em média 2,8 quilômetros em 23 minutos (velocidade média de 7,7 km/h), em dias úteis a distância média é de 2,10 quilômetros em 23 minutos (velocidade de aproximadamente 8,5 km/h).

Patinetes

De acordo com o relatório, aos finais de semana há um grande fluxo de viagens nas regiões das praças Japão e Oswaldo Cruz - próximo ao Shopping Curitiba. Há também registro de grande volume próximo ao Museu Oscar Niemeyer, o que, junto a outros pontos, refletiria o uso para o lazer.

Nos dias de semana, é observada maior movimentação na Avenida Sete de Setembro, principalmente entre a Praça Japão e Shopping Estação. Além disso, também é registrado movimento considerável na região da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR) do Câmpus Curitiba, com a sede no Centro. Assim, seria possível afirmar que há um perfil de lazer e de trabalho e/ou estudo.

Segunda-feira continua sendo o dia de menor volume de corridas em dias úteis, e sexta-feira o maior volume de viagens. Nos finais de semana, o volume de corridas é mais alto, com sábado liderando o ranking.

As viagens de patinetes também têm características diferentes entre dias úteis e finais de semana. Enquanto aos sábados e domingos as pessoas andam, em média, 1,7 quilômetro em 16 minutos (velocidade média de 6,5 km/h), em dias úteis a distância média é 1,4 quilômetro em 11 minutos (velocidade de 7,7 km/h).