Geral

Cohab convoca inscritos para oferta de imóveis

Cohab convoca inscritos para oferta de imóveis. (Foto: Rafael Silva)

A Companhia de Habitação Popular de Curitiba (Cohab) convocou inscritos na fila da casa própria para oferta de imóveis em parceria com a iniciativa privada. Os inscritos, que possuem renda mensal a partir de R$ 1,8 mil, recebem condições diferenciadas para aquisição da moradia.

“Encontramos nas parcerias com a iniciativa privada uma solução para atender a demanda por moradia popular na cidade, em meio a um cenário de ausência de investimentos do governo federal em habitação”, afirma o presidente da Cohab, José Lupion Neto.

As reuniões explicativas sobre os empreendimentos e condições de financiamento tiveram início no dia 4 de fevereiro e acontecem até sexta-feira (14/2). Estão sendo ofertados apartamentos em três conjuntos diferentes. “O inscrito pode optar pela localização e condições que mais o agradem”, explica Lupion.

Os contemplados poderão utilizar o FGTS para quitar o imóvel ou como entrada e desta forma diminuir o valor das prestações. O financiamento pode ser feito em até 30 anos, desde que a idade do comprador não ultrapasse 80 anos ao final do contrato.

Opções

Estão sendo ofertadas 156 unidades habitacionais distribuídas em três conjuntos. Apartamentos de dois quartos prontos para morar do Residencial Safira, em São José dos Pinhais - dos quais a Cohab já comercializou 88 unidades e ainda restam oito. E outros dois conjuntos com opções de um ou dois quartos de imóveis ainda na planta.

O Residencial Chancellor, com 128 unidades localizadas na rua Angelo Tozim, no Tatuquara, está sendo comercializado exclusivamente para inscritos na Cohab, e o Residencial Vivah possui 20 unidades com condições especiais para inscritos na Cohab (parcelamento da entrada e isenção de documentação), situadas na rua Francisco Gorski, na CIC.

Comparecimento

Ao final das reuniões, os interessados recebem a relação de documentos necessários para aprovação do financiamento junto à Caixa Econômica. Posteriormente eles devem agendar com a Cohab a entrega da documentação.

Para as reuniões já realizadas entre os dias 4 e 10 de fevereiro foram convocados 1,5 mil inscritos, dos quais 737 compareceram ao chamado. Destes, 408 demostraram interesse e 253 já agendaram a entrega da documentação. Para as próximas reuniões mais 730 inscritos foram convocados.

“O número de convocados é maior do que a quantidade de unidades disponíveis, pois muitas pessoas recusam a oferta em virtude da tipologia ou localização do empreendimento. Há também aqueles que possuem restrições cadastrais e não conseguem aprovar o financiamento”, esclarece Lupion.