Quatro Barras

Como parte da campanha de combate ao abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes, Quatro Barras recebe estátua

O Centro de Quatro Barras recebeu nesta segunda-feira (18) uma estátua da deusa grega Têmis, símbolo da justiça. A obra faz parte da campanha de combate ao abuso e à exploração sexual contra crianças e adolescentes, inciada hoje e se estendendo durante a semana.

Segundo a secretária de Assistência Social e Cultura, Adriane Gomes da Silva Andreatta, a escultura representa a viabilização e o cumprimento da justiça em casos de abuso sexual contra crianças e adolescentes. Qualquer situação de suspeita ou identificação de abuso deve ser denunciada ao Disque 100, serviço telefônico de recebimento e monitoramento de denúncias de violação de direitos humanos.

Servindo como forma de incentivo às denúncias, as ações municipais deste ano acontecerão pelos canais online da prefeitura, em virtude da pandemia do novo coronavírus. “Não pode ficar calado. Quem fica calado, também é cúmplice”, afirma a secretária.

A obra está localizada na Avenida São Sebastião, próximo ao cruzamento com a Avenida Dom Pedro II. Realizada pelo escultor Jonas Lima Correa Neto, o morador de Quatro Barras também é o autor de outras figuras espalhadas pelo município, como o Monumento à Bíblia, na Praça 9 de Novembro.

O dia 18 de maio foi instituído de tal forma em todo território nacional a partir da Lei Federal 9.970/00. Sua implementação significou um marco na luta pelos Direitos Humanos de Crianças e Adolescentes em todo território brasileiro. Com o slogan “Faça Bonito”, a proposta da campanha é destacar a data para mobilizar, sensibilizar, informar e convocar toda a sociedade para garantir a toda criança e adolescente o direito ao seu desenvolvimento de forma segura e protegida, livres do abuso e da exploração sexual.

Disque 100

O Disque 100 funciona diariamente das 8h às 22h, inclusive nos fins de semana e feriados. Pode ser acessado gratuitamente por telefones na discagem do número 100.

O canal de denúncia é um serviço de proteção de crianças e adolescentes com foco em violência sexual, vinculado ao Programa Nacional de Enfrentamento da Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes.

O serviço ouve, orienta e registra a denúncia, encaminhando a denúncia para a rede de proteção e responsabilização. Após isso, é feito o monitoramento das providências adotadas para informar a pessoa denunciante sobre o que ocorreu com a denúncia.