Geral

Moradores de Curitiba vão pagar R$ 4,50 na Linha Turismo

Para incentivar os moradores de Curitiba a usarem a Linha Turismo, a Prefeitura de Curitiba vai permitir o uso do cartão transporte usuário para embarque no ônibus que visita os pontos turísticos da cidade. (Foto: Luiz Costa /SMCS)

Para incentivar os moradores de Curitiba a usar a Linha Turismo, a Prefeitura de Curitiba vai permitir a utilização do cartão-transporte para embarque no ônibus que passa pelos principais pontos turísticos da cidade. A medida começa a valer na próxima terça-feira (15/10).

O usuário do cartão-transporte vai pagar o mesmo preço da passagem do ônibus convencional, R$ 4,50, por embarque na Linha Turismo. O valor vale para terças, quartas e quintas-feiras.

A medida está prevista em um decreto do prefeito Rafael Greca, assinado em 30 de setembro. O projeto, batizado de Primavera, vai até o fim da estação, em 20 de dezembro. A Urbanização de Curitiba (Urbs) estima um aumento de 12 mil passageiros na linha por mês.

Não serão permitidas utilizações repetidas no mesmo veículo e sua reutilização somente estará habilitada após decorrer o tempo de 30 minutos.

A utilização só vale para pessoa física com o cartão usuário com créditos adquiridos após a publicação do decreto.  

Linha especial

A Linha Turismo é uma linha de ônibus especial que passa por 26 pontos turísticos de Curitiba. Com ela, é possível conhecer os principais parques, praças e atrações da cidade. Considerada uma das melhores do país, a Linha Turismo circula a cada 30 minutos, percorrendo aproximadamente 45 quilômetros em cerca de três horas.

O roteiro começa na Praça Tiradentes, mas é possível iniciar o trajeto em qualquer um dos pontos. De janeiro a agosto desse ano foram 371 mil passageiros na Linha Turismo, com picos nos meses de férias - janeiro (71,4 mil) e julho (81,4 mil).

O preço do passeio para turistas continua R$ 50. Para embarcar, o passageiro adquire um cartão turismo individual, que dá direito a embarque ilimitados na linha, em um período de 24 horas, após a sua 1ª utilização de embarque.