Pinhais

Pinhais é a cidade mais sustentável da Região Metropolitana

A cidade ocupa a 4ª colocação no Estado e é a 75ª posição no ranking das cidades mais sustentáveis do país

Foi lançado nesta terça-feira (23), o Índice de Desenvolvimento Sustentável das Cidades – Brasil (IDSC), um trabalho inédito do Programa Cidades Sustentáveis em parceria com a Sustainable Development Solutions Network (SDSN), uma iniciativa da ONU para monitorar os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) em seus países-membros.

No ranking nacional, Pinhais ocupa a 75ª posição, com uma nota de 63,20. Em nível estadual, a cidade ficou na quarta posição, atrás apenas de Curitiba (66,03), Sertanópolis (64,66) e Maringá (63,99). Já na Região Metropolitana de Curitiba, conquistou a primeira colocação.

Esse Índice de Desenvolvimento Sustentável das Cidades é uma iniciativa que tem ligação com a Agenda 2030, uma agenda mundial apresentada pela ONU aos países-membros, em 2015, estabelecendo prazos, metas e compromissos direcionados ao desenvolvimento sustentável e ao enfrentamento dos principais problemas globais. Este pacto foi assinado pelo Brasil e por mais de 190 países, onde foram detalhados os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS): saúde e bem estar, educação de qualidade, água limpa e saneamento, entre outros pontos. A nota vai de 0 a 100 e há uma pontuação para cada objetivo e outra para o conjunto dos 17 ODS.

Foram analisados 770 municípios brasileiros, onde o índice é o resultado de um extenso trabalho de seleção, coleta e sistematização dos dados destas cidades, incluindo as capitais dos estados e municípios das regiões brasileiras.

A divulgação deste ranking tem o objetivo de apresentar um diagnóstico das cidades, uma ferramenta que estimule a aplicação dos recursos e a formulação de políticas para atingir estes objetivos no âmbito local pelos próximos anos.

Para acompanhar a classificação geral dos municípios brasileiros no Índice de Desenvolvimento Sustentável das Cidades, acesse o link: https://idsc-br.sdgindex.org/rankings.