Paraná

Saúde descentraliza serviços e amplia acesso de usuários da Assistência Farmacêutica

Assistência Farmacêutica descentraliza serviços e amplia acesso de usuários. (Foto: Geraldo Bubniak/AEN)

Embora 2020 tenha sido um desafio em muitos aspectos para a gestão em saúde, a Assistência Farmacêutica (AF) da Secretaria de Estado da Saúde teve avanços e ampliação de serviços. Superando a expectativa de aumento da quantidade de usuários para o ano, até novembro de 2020 a AF atendeu 277.316 usuários de medicamentos do componente especializado e elenco complementar da Secretaria da Saúde.

Entre as metas estipuladas no Plano Estadual de Saúde 2019 - 2023, algumas foram colocadas em prática pela urgência estabelecida pela pandemia pelo novo coronavírus, como a expansão do programa Remédio em Casa, dispensação de medicamentos de forma antecipada e ampliação de municípios com entrega aos usuários.

O armazenamento e a logística de todos os insumos são realizados pelo Centro de Medicamentos do Paraná (Cemepar), unidade responsável que responde à distribuição e abastecimento de unidades da Secretaria da Saúde.

O secretário Beto Preto afirma que o avanço percebido na Assistência Farmacêutica reflete na segurança das estruturas que o Estado já tem. “Sabemos que foi um ano difícil, foi um ano de adaptações e adequações e a farmácia foi uma área que utilizou a necessidade como oportunidade de crescimento”, afirmou.

Para ele, a forte estrutura vai propiciar inclusive a eficiência na distribuição de insumos para imunização da Covid. “Nossa estrutura de armazenamento e distribuição é excelente. Conseguimos, por exemplo, monitorar e abastecer os hospitais desde março para que não ficassem sem medicamento, como ocorreu em muitos outros Estados”, diz o secretário. “Além disso, nossa capacidade de entrega é muito eficiente, contamos, inclusive, com essa estratégia segura para a distribuição das vacinas contra o novo coronavírus, quando as tivermos”.

CEMEPAR

Todos os itens gerenciados pela Assistência Farmacêutica são recebidos, armazenados e distribuídos pelo Centro de Medicamentos do Paraná (Cemepar). O Cemepar é responsável, também, por outros insumos, como imunizantes e materiais que são fornecidos aos hospitais e outras unidades de saúde.

A diretora do Cemepar, Margely de Souza Nunes, explica que a unidade possui rotas monitoradas para acompanhar as entregas. “Nossa responsabilidade só encerra quando sabemos que o insumo está no local de destino final. Durante o ano todo, o Cemepar trabalha no armazenamento e transporte de milhares de itens para os 399 municípios do Paraná.”

REMÉDIO EM CASA – Em funcionamento desde 2017, o serviço de entrega em casa de medicamentos é uma das estratégias que visa facilitar o acesso dos usuários aos medicamentos de uso contínuo do Componente Especializado da Assistência Farmacêutica (CEAF) e do Elenco Complementar da Secretaria da Saúde. O objetivo do Programa é reduzir deslocamentos mensais dos pacientes às farmácias das Regionais de Saúde.

Em 2020, com a necessidade de isolamento pela pandemia, a estratégia foi ampliada e atingiu 8.871 usuários das 2ª, 10ª e 17ª Regionais de Saúde. A meta da AF é implantar o serviço em oito farmácias de RS.

“A ampliação do Remédio em Casa é um compromisso da Secretaria da Saúde com a população, foi assumido no Plano Estadual de Saúde, que rege as ações da Secretaria até o ano de 2023”, complementou o secretário.

ANTECIPAÇÃO

A partir de março, as farmácias receberam orientações para a entrega antecipada para dois ou três meses de tratamento, a depender dos seus estoques e da orientação do Cemepar. Esta medida reduziu substancialmente a circulação de pessoas nas farmácias, o que contribuiu em muito para diminuir a aglomeração nesses ambientes.

DESCENTRALIZAÇÃO 

A gestão da Secretaria da Saúde tem como meta a descentralização da dispensação dos medicamentos para todos os 399 municípios. Em 2020 a cobertura atingiu 360 municípios que executam a entrega desse grupo de medicamentos. A dispensação para as 39 cidades que ainda faltam deve ocorrer até 2023.

HORÁRIO AGENDADO

Desde o início de março o atendimento aos usuários cadastrados das farmácias das Regionais tem sido somente no horário agendado. Além disso, é permitida a entrada de somente uma pessoa (usuário ou seu representante), que deve obrigatoriamente estar com máscara.

A medida auxilia que o cidadão permaneça no ambiente da farmácia somente para o atendimento e retirada do medicamento que utiliza. O agendamento para retirada do medicamento pode ser realizado pelo site da Assistência na página da Saúde.

PRÉ-CADASTRO FACILITADO

O pré-cadastro de novos usuários residentes em Curitiba, Londrina, Maringá e Cascavel também pode ser feito por meio da página da Secretaria. Nesse pré-cadastro o usuário pode enviar exames, laudos e demais documentos de forma eletrônica. A ferramenta foi desenvolvida pela Celepar e tem como objetivo evitar o deslocamento do paciente até a farmácia para realizar essa etapa.