Com investimento de R$ 4,5 milhões, Estado recupera ligação estratégica em Turvo

O governador Carlos Massa Ratinho Junior entregou nesta quinta-feira (6) as obras de pavimentação e recape asfáltico da Rodovia Municipal João Maria de Jesus, em Turvo, na Região Central do Paraná. O investimento do Governo do Estado, por parte da Secretaria de Infraestrutura e Logística, foi de R$ R$ 4.580.048,20, com contrapartida municipal. O valor final representa uma economia de 20% no processo de licitação em relação ao preço inicial estipulado, de R$ 5.749.953,58.

A obra de 8,4 quilômetros de extensão e área total de 58,8 mil metros quadrados vai mudar a realidade local, especialmente dos moradores do distrito de Faxinal da Boa Vista. Ela é parte do trajeto de 22 quilômetros que liga a comunidade à sede do município, chamado apenas de “cidade” pelos moradores mais antigos. A estimativa é que cerca de 3 mil pessoas residam no Faxinal.

“São ações como essa, de infraestrutura, que realmente impactam na qualidade de vida da população paranaense. O trajeto ficará mais fácil e rápido. E, claro, com muito mais segurança para os motoristas e também para os pedestres que precisam passar por ali diariamente”, afirmou Ratinho Junior. “Essa Região Central do Estado ficou muito tempo esquecida, não recebia investimentos em infraestrutura. Nós resolvemos mudar essa realidade”.

O governador destacou que Turvo está contemplado no projeto de eixos estruturantes, com importantes intervenções em duas rodovias, uma que o liga a Pitanga e outra a Guarapuava.

A modernização da rodovia também tem um forte impacto econômico para a região, ajudando no desenvolvimento de Turvo.

Secretário de Estado da Infraestrutura e Logística, Sandro Alex explicou que a melhoria da trafegabilidade vai facilitar o escoamento da produção da indústria de papel cartão instalada no Faxinal, principal polo de emprego do distrito. “É a infraestrutura a serviço dos paranaenses. Investimento capaz de transformar uma região, como estamos vendo aqui em Turvo”, comentou o secretário. “Sem contar a segurança. Uma obra que não tem preço por permitir salvar vidas”.

A rodovia é a principal via de Turvo, contou o prefeito Jerônimo do Rosário. Serve para escoar a produção agrícola e industrial, além de ser o eixo de todas as comunidades rurais até o lado urbano do município. Por ela, destacou o prefeito, trafegam cerca de 7 mil pessoas diariamente.

“A estrada estava bastante deteriorada. Esse convênio com o Estado era um desejo muito grande de todos no município. A reforma terá um impacto importante na economia de Turvo, sem contar a segurança para quem trafega”, disse.

EIXO ESTRUTURANTE 

O secretário Sandro Alex lembrou, ainda, que o Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER/PR) começou a elaborar cinco projetos executivos de engenharia de restauração e ampliação da capacidade de 262,66 quilômetros de rodovias, ligando a região Centro-Sul ao Centro-Oeste e ao Norte do Paraná.  

A iniciativa conhecida como a remodelação do “eixo estruturante” de rodovias está incluída no Programa Estratégico de Infraestrutura e Logística de Transportes do Paraná e conta com financiamento do Banco Interamericano do Desenvolvimento (BID). Contempla ações em Pitanga, Campo Mourão, Iretama, Luiziana, Faxinal, Mato Rico, Cruzmaltina, Borrazópolis, Lidianópolis, Mauá da Serra, Manoel Ribas, Turvo e Guarapuava. 

“O momento é especial. São obras em toda a região. O objetivo do governador é fazer desse eixo central um polo de desenvolvimento”, afirmou Sandro Alex.

Todos os projetos devem apresentar os serviços necessários para a restauração do pavimento existente e a implantação de soluções para ampliar a capacidade de tráfego das rodovias contempladas, que incluem faixas adicionais, acostamentos, acessos e outros.

As interseções em nível existentes deverão ser remodeladas para aumentar a segurança, preferencialmente adotando rótulas fechadas alongadas. Todas as pontes serão vistoriadas e analisadas e, caso seja necessário, deverão ser propostos reforços ou readequações.

Os trechos com curvas que apresentam risco deverão ter sua geometria readequada, visando prevenir acidentes. E, onde aplicável, devem ser previstos passeios, travessias para pedestres, pontos de ônibus e ciclovias ou faixas compartilhadas. “Vamos transformar a região Central do Paraná com essa iniciativa”, afirmou o governador Ratinho Junior.

NOVAS OBRAS 

O projeto eixos estruturantes contempla duas importantes intervenções na região de Turvo. Já foi contratado por R$ 2,6 milhões o projeto de restauração e ampliação da capacidade da PRC-466 entre Pitanga e Turvo, em uma extensão de 45,50 quilômetros. Está também em andamento o projeto de duplicação e restauração da PRC-466 entre Turvo e Guarapuava, em uma extensão de 38,30 quilômetros e investimento de R$ 2,1 milhões.

“Queremos ter a maioria dos projetos prontos em 2022, uma determinação do governador Ratinho Junior. Serão melhorias e ampliação de capacidade em rodovias importantes do eixo central do Estado”, disse o diretor-geral do DER/PR, Fernando Furiatti.

PRESENÇAS 

Participaram da inauguração o secretário estadual Márcio Nunes (Desenvolvimento Sustentável e Turismo); os deputados estaduais Alexandre Curi, Cristina Silvestri, Artagão Júnior e Rodrigo Estacho; o vice-prefeito de Turvo, Aroldo Leão; o presidente da Câmara Municipal de Turvo, Josnei Neves; além de prefeitos, vereadores e lideranças políticas da região.