Deputado Luizão garante programa de acolhimento a moradores de rua em Curitiba

O programa de acolhimento a pessoas em situação de rua em Curitiba – Nova Morada Vida Nova – terá toda a estrutura de um dos hotéis mantida por meio de recursos do deputado federal Luizão Goulart (Republicanos –PR). Ao todo, são três hotéis sociais, com capacidade total para 150 pessoas, receberam R$ 1,1 milhão, via emenda parlamentar de Luizão, que garante a continuidade do programa social até o fim desse ano.

Nesta sexta-feira (25), um dos hotéis foi reinaugurado em uma nova estrutura, na Conselheiro Araújo, no Centro de Curitiba. Até agora, dois mil atendimentos já foram feitos e a ideia principal do programa é garantir a possibilidade de reinserção social a pessoas em situação de rua, com foco na retomada para a autonomia.

Para o deputado Luizão, projetos sociais são necessários e extremamente importantes. “As políticas públicas voltadas para pessoas que vivem em vulnerabilidade são complexas e desafiadoras. O que sabemos é que elas são efetivas quando se consegue resgatar a dignidade humana por meio de cuidado com a saúde, higiene, qualificação profissional. Dessa forma, a pessoa passa a ter maior senso de pertencimento à sociedade”, defende.

Justamente, o programa proporciona moradia temporária, endereço fixo, qualificação profissional e oportunidades de aumento da autonomia de quem vive em situação de rua, afastando-o da possibilidade de entrar em contato com as drogas e com a criminalidade.

Presente no evento, o vice-prefeito Eduardo Pimentel agradeceu o trabalho que o deputado Luizão vem fazendo pela capital paranaense. “Luizão tem cuidado muito de Curitiba durante seu mandato como deputado federal. Essa emenda que ele coloca aqui é justamente para manter esse importante projeto de ressocialização de pessoas. Quero agradecer ao deputado pela parceria em outras áreas também, que ajudam no desenvolvimento de Curitiba”

Como participar

A primeira medida para se integrar ao projeto é uma entrevista, em que o interesse na reinserção social seja o principal anseio do morador que busca oportunidade.

O coordenador do Departamento de Política Sobre Drogas, Thiago Ferro, destacou que a rotina e a rigidez com horários são importantes nessa retomada à sociedade. “Eles precisam estar aqui às 18 horas, tomam banho, participam da janta, tem um período em que podem ir à biblioteca ou assistir a um filme. Depois eles dormem, tomam o café da manhã e precisam deixar o hotel para seguir com as atividades que são os cursos profissionalizantes ou já em algum emprego em que estão vinculado”, destacou Ferro.

Estrutura

Um quarto pode ser compartilhado com até 2 outras pessoas, com direito a armário com chave para guardar seus pertences. Por dia, são servidas duas refeições: pela manhã e à noite. Cada hóspede recebe um kit de higiene pessoal, com escova de dente, pasta, sabonete, shampoo e toalha. Semanalmente, ele também tem um lençol e uma coberta nova.

Além do Departamento de Política Sobre Drogas, responsável pela gestão, o programa Nova Morada Vida Nova também conta com a participação de outras secretarias e órgãos municipais. Dessa forma, é possível levar desenvolver ou resgatar habilidades sociais, participar de cursos e procurar emprego, buscando sua autonomia e reinserindo-se na família e sociedade.

Luizão enviou recurso de R$ 1,1 milhão ao programa social. Foto: Divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *