Estado participa da abertura da ExpoFrísia, uma das maiores feiras da pecuária leiteira do País

O vice-governador Darci Piana e o secretário de Estado da Agricultura e do Abastecimento, Norberto Ortigara, participaram nesta quinta-feira (12) da abertura da 15ª ExpoFrísia, no pavilhão do Parque Histórico de Carambeí, na região dos Campos Gerais. Organizada pela Frísia Cooperativa Industrial, a feira é uma das principais da pecuária leiteira do Brasil e reúne o que há de melhor em genética, manejo e produtividade da raça holandesa, além de oferecer produtos tradicionais da região.

Piana disse que conhece a região há mais de 50 anos, onde conseguiu firmar grandes amizades, e que ela é a principal responsável pelo Paraná ser o segundo maior produtor de leite do Brasil, o que coloca desafios para aproveitar plenamente o potencial do produto. “A responsabilidade do governo é criar climas que sejam favoráveis à infraestrutura e ao crescimento do salário para dar vazão a tudo aquilo que é produzido aqui”, disse.

Ele afirmou que os investimentos efetivados ou em processo de efetivação no Estado ultrapassam R$ 100 bilhões, quando incluídos o novo pedágio e o que será investido na Nova Ferroeste.

“Isso vai trazer emprego, dinheiro no bolso, vai fazer com que as pessoas tenham condições de fazer compra”, afirmou Piana. “É assim que a gente faz o nosso crescimento, pois quem tem dinheiro no bolso e emprego gasta no comércio, o comércio faz pedido para a indústria, a indústria faz pedido de matéria-prima e isso faz o círculo econômico do País se estabilizar”.

Entre os investimentos, o vice-presidente da Frísia Cooperativa Agroindustrial, Geraldo Slob, destacou R$ 500 milhões para a construção de uma moderna queijaria, em conjunto com as cooperativas Capal e Castrolanda. A Frísia é uma das mais antigas cooperativas do País, fundada em 1925.

“Contamos com a parceria do Estado através da Invest Paraná, pelo Programa Paraná Competitivo, com incentivos fundamentais para o sucesso do negócio”, disse. “Como cooperativa, não medimos esforços para a sustentabilidade do produtor gerando renda e empregos, e um dos meios é agregar valor a nossos produtos, principalmente o leite”.

Ortigara parabenizou as cooperativas pelo investimento no setor agropecuário. “Poucos setores têm essa capacidade de mostrar o Brasil competente e competitivo no mundo, e se ninguém nos atrapalhar vamos abocanhar uma fatia maior e mais relevante no mercado mundial de alimentos”, afirmou. “Continuamos no nosso intento, no nosso desafio de tornar também o leite mais uma cadeia vitoriosa no mercado internacional”.

PRESENÇAS – Também estiveram presentes à solenidade o presidente do Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná (IDR-Paraná), Natalino Avance de Souza; o presidente da Agência de Defesa Agropecuária do Paraná (Adapar), Otamir Cesar Martins; o presidente da Ceasa-PR, Éder Bublitz; o presidente do BRDE, Wilson Bley Lipski; o presidente da Invest Paraná, José Eduardo Bekin; a prefeita de Carambeí, Elisangela Pedroso; o prefeito de Tibagi, Artur Butina; o superintendente da Ocepar, Robson Mafioletti; o presidente da Capal, Erik Bosch; e o presidente da Associação Paranaense de Criadores de Gado Holandês, João Guilherme Brenner.