Ministério confirma liberação de R$ 85 milhões para a linha BRDE Turismo

O Ministério do Turismo confirmou nesta quinta-feira (25) ao Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) a disponibilidade de mais R$ 85,7 milhões para operações de financiamento às empresas que operam no setor turístico nos três estados do Sul. O valor complementa um total de R$ 414,8 milhões que a pasta federal se comprometeu com crédito emergencial diante dos impactos da pandemia.

A liberação chega um dia após audiência da diretora de Operações do BRDE, Leany Lemos, na sede do MTur, em Brasília, e que contou com a participação virtual do diretor-presidente do banco, Wilson Bley.

No encontro com a secretária nacional de Atração de Investimentos e Parcerias do MTur, Débora Moraes da Cunha Gonçalves, os diretores do BRDE salientaram que existe uma forte demanda do setor por crédito para novos investimentos com a retomada gradativa do fluxo de turistas. Desde do início da pandemia, o banco já conseguiu superar a marca de R$ 329 milhões em operações para empresas desse segmento dos três estados. Ao todo foram 1.385 financiamentos em menos de dois anos.

A linha BRDE Turismo registra uma demanda de financiamentos alta. Por isso, os diretores do banco renovaram o pedido de liberação de outros R$ 100 milhões. “Há uma grande procura por novos investimentos diante da retomada do setor. Quando falamos em turismo doméstico, a região Sul do País tem grandes atrativos e o banco quer ser parceiro nesta retomada que beneficia uma cadeira muito ampla, gerando oportunidades de novos empregos e investimentos para fazer a economia rodar”, observou Leany Lemos.

Através do programa BRDE Turismo, o banco oferece empréstimos com carência de até 60 meses para investimentos fixos, como é caso de projetos de implantação, ampliação, modernização e reforma de empreendimentos turísticos. O prazo do financiamento é de até 25 anos. Para compra de equipamentos e capital de giro isolado (recursos que ajudam no fluxo de caixa das empresas), o programa estabelece como prazo de financiamento em 72 meses e carência de um ano. Em todas as situações, os juros são de 5% ao ano, mais taxa Selic.

Desde que passou a operar o programa em parceria com o Ministério do Turismo, em 2017, o BRDE já registra mais de R$ 431 milhões em financiamentos liberados. “Mas nossa expectativa é chegarmos ao total do montante que ajustamos com o Ministério, que é de R$ 646 milhões, pois o fortalecimento do turismo tem um papel estratégico no crescimento econômico da Região Sul”, frisou o diretor-presidente, Wilson Bley.

COMO ACESSAR – Para solicitar o financiamento, as empresas devem acessar o site www.brde.com.br, no ambiente do Internet Banking (IB). Todos as operações serão através da plataforma digital e a documentação deverá ser inserida (upload) também através do site. O app do BRDE também traz as informações sobre o programa.