Operação da PM prende 32 pessoas e apreende drogas na Capital e RMC

O balanço de dois dias da operação Tríade da Polícia Militar na Capital e Região Metropolitana resultou em 32 pessoas presas e mais de oito quilos de maconha, crack, cocaína e ecstasy apreendidos entre sexta-feira (17/09) e sábado (18/09). Os trabalhos, coordenados pelo Comando de Policiamento Especializado (CPE), da Polícia Militar, foram para combater homicídios, tráfico de drogas, roubos e outros crimes.

A operação Tríade, lançada do Quartel do Comando-Geral da PM, em Curitiba, contou com efetivo de mais de 500 policiais e 167 viaturas nos dois dias de trabalho, distribuídos em várias áreas da Capital e dos municípios da Região Metropolitana, nas áreas apontadas pela análise criminal como pontos que mereciam maior presença ostensiva da Polícia Militar.

A nova configuração do policiamento especializado da Polícia Militar foi feita pelo Comando-Geral da Corporação para melhor gerenciar os recursos materiais e o efetivo, permitindo o desdobramento de equipes de maneira mais otimizada em todo o estado.

FORAGIDO – Dentre as dezenas de ocorrências atendidas e apreensões de drogas, o destaque da operação foi a prisão de um homem que tinha contra si um mandado de prisão por homicídio, no sábado (18/09), crime ocorrido em março deste ano na cidade de Rio Branco do Sul (PR). A localização do foragido contou com a atuação do Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRV), do Batalhão de Polícia Militar de Operações Aéreas (BPMOA), do Centro de Inteligência e do Batalhão de Polícia de Guarda (BPGD).

A ocorrência foi na cidade de Piraquara (PR). Num bloqueio de trânsito os policiais militares viram um homem saltar do carro quando se deparou com as equipes da PM. Ele teria fugido a pé e houve acompanhamento por terra e apoio do BPMOA, mas ele não foi localizado. No entanto, com informações obtidas pelos policiais junto aos outros ocupantes do carro e com o apoio do Centro de Inteligência, descobriu-se que o homem tinha um mandado de prisão em aberto.

Momentos depois, as equipes policiais souberam que o homem, juntamente com uma mulher,  crianças e sacolas com pertences, deixaram a casa. Foi montado um bloqueio na Rodovia João Leopoldo Jacomel e o carro em que ele estava foi abordado. Nenhum material ilícito foi encontrado. Ele foi preso devido ao mandado e foi encaminhado para a 6ª Delegacia Regional de Piraquara.

BALANÇO – O trabalho dos militares estaduais das unidades especializadas nos dois dias resultou em 3.295 pessoas e 360 veículos abordados, sendo que 32 pessoas acabaram presas e apreendidos 8,5 quilos de maconha, 120 gramas de cocaína, 25 pedras de crack e 72 gramas de ecstasy. Em uma das ocorrências, houve o resgate de 76 aves silvestres e aplicação de um auto de infração ambiental de R$ 42.500,00 ao responsável.

Num período analisado de oito horas de operação, foram registradas 470 ocorrências policiais, 122 a menos que no mesmo período da sexta-feira anterior (10/09), quando a PM registrou 592 ocorrências, uma redução de 21%.A redução foi ainda maior no sábado, quando a PM registrou 378 ocorrências nas oito horas de operação, sendo que no mesmo período do sábado anterior, dia 11 de setembro, a Corporação registrou 529 ocorrências, uma diferença de 29% no comparativo entre os períodos analisados.

A operação foi desencadeada com os efetivos do Batalhão de Polícia de Choque (BPChoque), do Batalhão de Operações Especiais (BOPE), do Batalhão de Polícia Ambiental-Força Verde (BPAmb-FV), do Batalhão de Patrulha Escolar Comunitária (BPEC), do Batalhão de Polícia Rodoviária (BPEC), do Batalhão de Polícia Militar de Operações Aéreas (BPMOA), do Regimento de Polícia Montada (RPMon), do Batalhão de Polícia de Trânsito (BPTran) e da Companhia de Rondas Ostensivas com Aplicação de Motocicletas (CIROCAM),da Ação Integrada de Fiscalização Urbana (AIFU), e do Esquadrão de Eventos do RPMon.