Parceria com a Volks permite ao Estado ampliar investimento em saúde e capacitação

O Governo do Estado formalizou uma nova parceria com a Volkswagen do Brasil que vai possibilitar o investimento de R$ 5,69 milhões em ações nas áreas da saúde e qualificação profissional. Serão destinados R$ 2 milhões ao projeto Hospital Digital, do Complexo de Saúde Erasto Gaertner; R$ 850 mil para elaboração do projeto executivo da construção do Hospital Regional de Colombo, na Região Metropolitana de Curitiba; e mais R$ 2,84 milhões para a retomada das Carretas do Conhecimento Digital, programa de capacitação profissional.

Os protocolos dos convênios foram assinados nesta sexta-feira (25), em ato no Palácio Iguaçu, pelo governador Carlos Massa Ratinho Junior, pelo presidente e CEO da Volkswagen América Latina, Pablo Di Si, e pelo superintendente do Hospital Erasto Gaertner, Adriano Lago.

“São investimentos e estruturas para a saúde com foco em melhorar o atendimento à população, dentro de uma visão social e humanista que une Governo do Estado, Volkswagen e Erasto Gaertner. O Erasto nasceu aqui e a Volks adotou o Paraná ao se instalar em São José dos Pinhais. São patrimônios não só do Estado, mas do País, que buscam ações conjuntas para melhorar a vida das pessoas”, afirmou Ratinho Junior.

“Já em relação às Carretas do Conhecimento, queremos juntos qualificar e profissionalizar milhares de paranaenses”, acrescentou o governador.

O investimento será feito pela montadora de origem alemã como contrapartida à participação da empresa no programa de incentivo fiscal do Paraná. O protocolo assinado em 2013 prevê a atuação da companhia em projetos sociais coordenados pelo Estado.

“Temos por tradição ficar próximos da sociedade paranaense. A Volkswagen acredita muito na saúde e na educação. Esses projetos, tocados com profissionalismo, seriedade e velocidade, nos dão um enorme orgulho”, disse o presidente e CEO da montadora na América Latina. “Consideramos importante oferecer oportunidades de qualificação profissional para que a população paranaense esteja ainda mais preparada para o mercado de trabalho”.

HOSPITAL DIGITAL – O projeto Hospital Digital vai beneficiar todas as partes envolvidas no processo de atendimento médico dentro do Complexo Erasto Gaertner, referência no atendimento ao câncer. O paciente ganha com as inovações e maior segurança no armazenamento de dados e agilidade no acesso à informação. Além disso, os investimentos em tecnologia vão reduzir o uso de papel ao priorizar os procedimentos digitais.

Os sistemas de informação, equipamentos, dispositivos médicos e parceiros serão integrados em um ambiente transparente para o paciente, que terá seu prontuário eletrônico totalmente digital.

“É uma oportunidade de inovação, aproximando os pacientes de soluções tecnológicas, visando o seu melhor acolhimento e entendimento do tratamento. Com esse projeto conseguiremos atingir todos os níveis internacionais exigidos para transformar o Erasto Gaertner em um hospital paperless (sem a necessidade de utilização de papel)”, destacou Adriano Lago.

HOSPITAL REGIONAL – O projeto do Hospital Regional de Colombo, na Região Metropolitana de Curitiba, prevê a construção de uma nova unidade médica próxima à atual UPA e Maternidade do Alto Maracanã, configurando um distrito sanitário para o município – Colombo é a oitava cidade mais populosa do Paraná com 246.540 segundo estimativa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O complexo terá 9 mil metros quadrados de área construída e contará com nove salas de especialidades ambulatoriais, 11 salas de serviços para apoio diagnóstico e terapêutico, cerca de 100 leitos e centro cirúrgico com três salas, além de pronto atendimento referenciado. Com investimento de R$ 850 mil, o projeto executivo deve ficar pronto até o fim do ano, permitindo mais detalhamentos da obra como custos e prazos e também o início da construção.

“Há muito tempo que Colombo precisa de um hospital de grande porte, esse é um compromisso do Governo do Estado”, afirmou Ratinho Junior. “É uma obra muito importante não só para Colombo, mas também para toda a Região Metropolitana”, acrescentou o secretário de Estado da Saúde, Beto Preto.

CARRETAS – Resultado de uma parceria entre a Volkswagen do Brasil, Governo do Estado do Paraná, Senai-PR e Fundação Grupo Volkswagen, o projeto está oferecendo, desde o primeiro semestre de 2021, 1.692 vagas gratuitas para cursos de qualificação profissional, em 30 pontos diferentes do Estado, de 19 municípios.

As Carretas são escolas móveis equipadas com laboratórios, oficinas e salas de aula. As formações acontecem na modalidade semipresencial atualmente, em virtude da pandemia da Covid-19, e incluem a entrega de chips 4G (para que os alunos possam assistir às aulas on-line), além de atividades práticas.

Os cursos disponíveis são de Panificação, Eletricidade Predial, Corte e Costura Industrial, Mecânica de Automóveis, Mecânica de Motocicleta, Elétrica Automotiva, Informática Básica, Mecânica Industrial e Refrigeração Residencial. Para o segundo semestre, está prevista a abertura de mais vagas em novas localidades.

“É um programa fantástico porque o trabalhador que está bem preparado, que estuda e se aprimora, tem chances de conseguir um emprego melhor. E é isso que estamos fazendo por meio das Carretas do Conhecimento, formando profissionais para o mercado do trabalho”, ressaltou o secretário de Estado da Justiça, Família e Trabalho, Ney Leprevost.

PRESENÇAS – Participaram da reunião o secretário em exercício da Fazenda, Eduardo Moreira Lima Rodrigues de Castro; o secretário do Desenvolvimento Urbano e de Obras Públicas, João Carlos Ortega; o diretor-presidente da Invest Paraná, Eduardo Bekin; a coordenadora de projetos da Secretaria de Estado da Saúde, Michelle Kosiak Poitevin; e o diretor de assuntos governamentais da Volkswagen do Brasil, Antonio Megale.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *