Turismo de motorhomes entra na pauta de projetos do Estado

O turismo de motorhomes é ainda pouco explorado no Brasil, mas essa realidade pode estar prestes a mudar, pelo menos no Estado. Uma parceria entre o Grupo Estradeiros do Paraná e a Paraná Turismo estuda desenvolver o segmento com diversas ações de fomento. O tema vem sendo discutido já há alguns meses e, recentemente, foi apresentado ao secretário estadual do Desenvolvimento Sustentável e Turismo, Márcio Nunes, o que fez esse segmento entrar no radar de projetos a serem desenvolvidos pelo Estado.

Entre os objetivos do projeto, conforme sugestões de grupos de motorhomeiros, está o de alocar pontos de apoio a motorhomes nos Serviços de Atendimento ao Usuário (SAUs) que ficam nas rodovias concessionadas que cortam o Estado. Esses locais de apoio devem contar com estrutura básica para o atendimento de motorhomeiros, como pontos de água e luz e descarte de dejetos, mas, principalmente, visam à segurança desse tipo de viajante, que conta com pouca estrutura nas rodovias atualmente.

A ideia, de acordo com o diretor de Marketing e Inovação da Paraná Turismo, Irapuan Cortes Santos, é transformar o Paraná em um tipo de hub para esse segmento, trazendo motorhomes de outras regiões do País e, principalmente, de outros países da América do Sul, como Argentina, Uruguai e Chile.

Enquanto o Brasil conta com cerca de 48 mil motorhomes, esses outros três países somam cerca de 100 mil. “Vendo a possibilidade do crescimento dessa modalidade de turismo aqui no Estado, vimos a viabilidade de termos pontos de apoio para receber esse pessoal que vem de outros estados e outros países”, explicou Irapuan.

De acordo com ele, a Paraná Turismo terá o papel de fomentar o fato de que o Estado pode oferecer as condições necessárias para receber esse público. “Estamos preparando o Estado para se tornar esse ‘hub’ que tanto precisamos”, destacou. Além disso, eventos devem ser realizados em algumas cidades paranaense para a divulgação desse projeto voltado aos motorhomes.

Alguns municípios do Paraná já contam com estruturas para esses veículos, como Guaíra, com o Centro Náutico Marinas; Santa Helena, com o Balneário Santa Helena; Campo Largo, com o Camping No Sol; e Guaratuba, com o Camping Municipal. Um projeto-piloto, com a parceria do Governo do Estado, também está sendo desenvolvido às margens do Rio Paraná, no munícipio de Icaraíma, na região Noroeste.

DIVULGAÇÃO 

O Brasil conta atualmente com 20 grupos de campistas, que somam mais de 7 mil associados, e ao todo são cerca de 48 mil motorhomes. Para atender os anseios de toda essa demanda, entre os dias 9 e 12 de dezembro, o Expotrade Pinhais recebe a 5ª edição do Expo Motorhome, evento bianual que reúne campistas de todo o Brasil e América do Sul.

O evento acontece no Paraná justamente porque a organização acredita no potencial de desenvolvimento do segmento no Estado, que ainda é pouco explorado, mas pode ser expandido e, consequentemente, auxiliar na geração de renda dos municípios que contarem com as estruturas para receber esses veículos.

Alexandre Rodolfo Boff, diretor-geral da Expo Motorhome, explicou que a busca pelo Paraná, tanto para o desenvolvimento do projeto, quanto para a realização do evento, é no sentido de fazer com que o Estado seja expoente de uma nova conjuntura no campismo e caravanismo na América do Sul, visto que há Litoral, serra e fronteira, fatores que acrescentam um grande valor agregado à intenção de viagem dos motorhomeiros.

A feira, além do público voltado aos motorhomes, também busca a atenção da população em geral, que terá a oportunidade de descobrir e entender mais sobre um estilo de vida diferenciado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *