Secretaria de Saúde de Pinhais alerta para cuidados com Aedes aegypti no inverno

A Coordenação do Programa do Controle da Dengue, da Unidade de Vigilância de Zoonoses da Secretaria Municipal de Saúde alerta a população sobre os cuidados em relação ao vetor Aedes aegypti que pode transmitir Dengue, Zika, Chikungunya e Febre Amarela. É importante lembrar que mesmo com o fim do verão, das chuvas e altas temperaturas o clima ainda é propício para proliferação do vetor, portanto, o inverno não é impedimento para o mosquito se proliferar.

Michele Garcia Medeiros, médica veterinária, da Gerência de Vigilância Ambiental, destaca que 12 focos positivos já foram encontrados em Pinhais. "Esta situação requer uma atenção especial dos moradores do município. Nossa grande preocupação é que os focos são encontrados nas residências, portanto a população não tem enxergado sua responsabilidade no papel de vigilantes", afirma Michele.

Nesta quarta-feira (11) todos os imóveis localizados em um raio de 300 metros do local onde foi identificado o mais recente foco (larvas de Aedes aegypti dentro de um vaso sanitário numa residência) foram visitados e inspecionados pelos agentes de combate de endemias. "O procedimento consiste em visitar, orientar e eliminar possíveis fontes que venham a servir de criadouros para o mosquito transmissor da dengue e demais arboviroses", explica a médica veterinária.

Com o slogan "Pinhais, todos contra o Aedes", a Secretaria Municipal de Saúde pede apoio e colaboração da população para manter a dengue e as demais doenças transmitidas pelo vetor, longe de Pinhais. É imprescindível que os moradores estejam atentos e conscientes às medidas de prevenção e aos cuidados básicos de limpeza das residências para evitar o surgimento de mais larvas e até do próprio mosquito.

"É necessário manter as medidas próprias de prevenção e verificar se os vizinhos também estão tomando estes cuidados. A parceria com a população já existe, mas precisamos de uma maior conscientização dos moradores e sempre que recebemos ligações de alguns moradores preocupados com caixas d'água ou acúmulo de pneus, vasos e demais objetos acumulando água em casas vizinhas, vamos imediatamente ao local para verificar as condições e orientar o morador na eliminação destes possíveis criadouros do mosquito", acrescenta Michele.

Serviço

O Programa de Controle e Combate ao Aedes é coordenado pela Gerência de Vigilância Ambiental – Unidade de Vigilância de Zoonoses, que está localizada na Rua Alto Paraná, 1789, bairro Emiliano Perneta. Contato: e-mail ambiental@pinhais.pr.gov.br e telefone: (41) 3912-5396.