Projeto de Francischini possibilita terceira dose da vacina contra a Covid no Paraná

Dar mais eficácia à campanha de imunização é o objetivo do projeto do deputado Delegado Francischini. A proposta traz diretrizes para garantir a aplicação de dose extra contra a Covid no Paraná.

“Temos acompanhado dados mostrando que determinados imunizantes não apresentam níveis elevados de proteção, o que acaba deixando as pessoas inseguras diante do risco de desenvolverem casos graves da doença mesmo tomando duas doses”, ponderou Francischini.

Além de preservar a saúde dos paranaenses, a medida visa otimizar as ações sanitárias na rede pública de saúde, de modo a reduzir os riscos da propagação da doença no estado.

Francischini ainda ressalta que os primeiros imunizantes aplicados no país foram destinados aos profissionais da saúde e idosos – ambos com necessidade de atenção especial.

“Os primeiros encontram-se na linha de frente do combate à Covid, ficando diretamente expostos ao contágio, enquanto os segundos são os que possuem maiores chances de complicações decorrentes da contaminação, razão pela qual, justifica-se o reforço na imunização”, acrescentou o parlamentar.

Para verificar a necessidade de aplicação de uma dose extra, a pessoa deverá providenciar Exame de Anticorpos específico e Laudo, elaborado por médico da área, informando razões que justifiquem a aplicação, bem como, atestando a inexistência de risco à saúde do paciente.

A proposta define que o laudo pode ser dispensado caso o governo estadual regulamente a aplicação da dose periódica como Política de Saúde Pública.