Portos do Paraná recebe visita de engenheiros do Instituto de Engenharia do Paraná

Um grupo de 16 engenheiros de diversas áreas, associados ao Instituto de Engenharia do Paraná (IEP), visitou o Porto de Paranaguá nesta quarta-feira (8). A atividade técnica integra a 27ª Semana de Engenharia da entidade e foi oportunidade para os profissionais conhecerem os projetos em desenvolvimento nos terminais portuários do Estado.

Os visitantes foram recebidos pelo diretor de engenharia e manutenção, André Cassanti Neto, e a gerente Jamile Luzzi Elias. Antes de acessarem o cais para mostrar as obras em andamento, a dupla apresentou a evolução dos principais empreendimentos.

“Para nós, engenheiros da Portos do Paraná, é uma satisfação podermos trocar informações técnicas com profissionais que seguem produzindo conhecimento e, por muitos anos, contribuíram para o desenvolvimento não apenas da infraestrutura e logística do Estado, mas para diversas áreas da economia”, afirmou o diretor.

Entre as obras em andamento apresentadas ao grupo estão a derrocagem da Pedra da Palangana – atualmente na fase de remoção do material rochoso; o projeto Cais Leste, conhecido como Moegão – que será lançado na próxima quinta-feira (09); e o projeto do novo Corredor de Exportação, ainda em desenvolvimento.

Como explica o presidente do IEP, engenheiro elétrico Nelson Luiz Gomez, que integrava o grupo, essas visitas técnicas são periódicas e fundamentais para o grupo que segue produzindo conhecimento e colaborando com diversos projetos no Estado, o que inclui os projetos dos Portos do Paraná.

“O Porto de Paranaguá é um ícone do Estado, que está aliado diretamente ao desenvolvimento do Paraná”, disse. “E a engenharia é um instrumento aliado ao desenvolvimento de qualquer município, Estado ou País”.

As obras desenvolvidas nos portos paranaenses, como destaca o engenheiro, são de grande porte e realizadas em ambientes complexos. “São situações da Engenharia que não encontramos nas demais áreas do Estado. E os portos, em especial, estão em franco desenvolvimento, o que, necessariamente, tem envolvimento da área nas mais diversas atuações”, pontuou.